Doença Periodontal na Gravidez

Chamamos de doença periodontal as infecções que acometem os tecidos da gengiva e podem se espalhar para o osso de sustentação dos dentes, levando a perda dentária.

Você sabia que uma doença periodontal na gravidez pode aumentar os riscos de parto prematuro, pode interferir no baixo peso dos recém-nascidos e ser a causa do rompimento antecipado da bolsa?

Gestantes precisam se atentar para os cuidados com os dentes para evitar que essas infecções sejam responsáveis por problemas na gravidez, prejudicando não apenas a sua saúde, mas também a do bebê.

Causas das doenças periodontais

A gengivite é uma das principais doenças periodontais, sua causa está ligada ao acúmulo de  placa bacteriana na gengiva.

Quando inflamadas, as gengivas ficam vermelhas e sangram com facilidade. Por ser indolor, poucas pessoas se atentam para os riscos que esta doença pode causar.

Quando essa inflamação se estende para as estruturas de suporte do dente, causa perda óssea.

Os sintomas desses problemas dentários são o mau hálito, sangramento e dentes com mobilidade.

Essa doença pode ter graus variados de gravidade, chegando, inclusive, a evoluir para quadros com úlceras e necroses.

Qual a relação da doença periodontal na gravidez

Está cientificamente comprovado que a doença periodontal na gravidez pode aumentar as chances de a gestante ter um parto prematuro.

Além de influenciar no parto prematuro, essas doenças também estão relacionadas ao nascimento de bebês baixo do peso. Fora isso, uma doença periodontal na gravidez também pode aumentar a amniorrexe prematura, isso é, as contrações do útero que geram o rompimento da bolsa.

Para evitar esses problemas é importante que a gestante mantenha a saúde bucal em dia, consultando um profissional para avaliar possíveis doenças periodontais e trata-las a tempo.

Marque agora mesmo uma consulta na Hetessy Odontologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =